Faça a sua Doação!

      

Quem está Online!

Nós temos 525 visitantes online
32º Domingo do Tempo Comum PDF Imprimir E-mail
virgens_prudentes
Leituras:
1ª Leitura - Sb 6,12-16
Salmo - Sl 62,2.3-4.5-6.7-8 (R. 2b)
2ª Leitura - 1Ts 4,13-18
Evangelho - Mt 25,1-13

"O Noivo está chegando. Ide ao seu encontro!”

"Naquele tempo, disse Jesus, a seus discípulos, esta parábola: 1'O Reino dos Céus é como a história das dez jovens que pegaram suas lâmpadas de óleo e saíram ao encontro do noivo. 2Cinco delas eram imprevidentes, e as outras cinco eram previdentes. 3As imprevidentes pegaram as suas lâmpadas, mas não levaram óleo consigo. 4As previdentes, porém, levaram vasilhas com óleo junto com as lâmpadas.

5O noivo estava demorando e todas elas acabaram cochilando e dormindo. 6No meio da noite, ouviu-se um grito: `O noivo está chegando. Ide ao seu encontro!' 7Então as dez jovens se levantaram e prepararam as lâmpadas. 8As imprevidentes disseram às previdentes: `Dai nos um pouco de óleo, porque nossas lâmpadas estão se apagando.' 9As previdentes responderam: `De modo nenhum, porque o óleo pode ser insuficiente para nós e para vós. É melhor irdes comprar aos vendedores'. 10Enquanto elas foram comprar óleo, o noivo chegou, e as que estavam preparadas entraram com ele para a festa de casamento. E a porta se fechou. 11Por fim, chegaram também as outras jovens e disseram: `Senhor! Senhor! Abre-nos a porta!' 12Ele, porém, respondeu: `Em verdade eu vos digo: Não vos conheço!' 13Portanto, ficai vigiando, pois não sabeis qual será o dia, nem a hora."


Comentário por Padre Simeão Maria, fmdj.

O Reino dos céus é a celebração das núpcias do Cordeiro. Na noite da fé saímos ao encontro do Cordeiro-Noivo. O Senhor demora, mas o amor não dorme. A esperança permanece em vigília. As demoras de Deus são os exercícios da fé. Quanto mais o Senhor demora, mais a fé cresce, aumenta o brado e o desejo de encontrá-lo.

As dez jovens, representam a totalidade do Povo de Deus, que espera ansiosamente a chegada do Messias (o noivo)…  uma pequena parte desse Povo (as jovens previdentes) está preparada e, quando o Messias finalmente aparece, pode entrar para fazer parte da comunidade do Reino; outra parte (as jovens imprevidentes) não está preparada e não pode entrar na comunidade do Reino. O noivo que está para chegar é Jesus, Ele chega de repente, no meio da noite. Ouve-se um grito, era o grito esperado, que acordam os que estão dormindo. A noite da história humana que espera a parusia, a vinda do Rei e Senhor que não tarda.

A pergunta é: O que é que significa, “estar preparado para acolher a vinda do Senhor”? Significa, escutar as palavras de Jesus, acolhê-las no coração e viver de forma coerente com os valores do Evangelho… “Estar preparado” significa, fundamentalmente, viver na fidelidade aos projetos do Pai e amar os irmãos até ao dom da vida, em todos os instantes da nossa existência.

A mensagem é: nós os cristãos, não podemos descurar a vigilância e enfraquecer o nosso compromisso com os valores do Reino. Com o passar do tempo, as nossas comunidades têm tendência para se instalar no comodismo, no adormecimento, no descuido, numa vida de fé que não compromete, numa religião de “comodismos”, de facilidade, num testemunho pouco empenhado e apagado… É preciso, no entanto, que o nosso compromisso com Jesus se renove cada dia. A certeza de que Ele vem outra vez, deve impulsionar-nos a um compromisso ativo com os valores do Evangelho, na fidelidade aos ensinamentos de Jesus e ao compromisso com o Reino.

Na Eucaristia podemos renovar as nossas provisões de fé e de esperança, para as vigílias que nos restam. A Eucaristia é o início das eternas núpcias do Cordeiro.


"Tota pulchra es Maria et macula originalis non est in Te."



 

Noticias do Vaticano

News.va